Boeing e Ryanair planejam fazer grande anúncio de frota nesta 2ª feira

A companhia irlandesa pretende fazer uma encomenda de US$10 bilhões por novos aviões 737 MAX

REUTERS

08 de setembro de 2014 | 07h52

A Boeing e a Ryanair planejam fazer um significativo anúncio de frota nesta segunda-feira, após notícias na última sexta-feira de que a companhia aérea irlandesa de baixo custo estava prestes a fazer um pedido de 10 bilhões de dólares por novos aviões 737 MAX da Boeing.

O presidente-executivo da Boeing, Ray Conner, e o presidente-executivo da Ryanair, Michael O'Leary, farão o anúncio em uma reunião nesta segunda-feira em Nova York, disse a Boeing no domingo.

A Boeing não comentou detalhes do anúncio. A Ryanair não quis comentar.

Na sexta-feira, a Reuters informou que a Ryanair, maior companhia aérea de baixo custo da Europa, estava em negociações avançadas para adquirir pelo menos 100 aviões Boeing 737 MAX 8, modificados para incluir 11 assentos suplementares, elevando a capacidade total do novo avião para até 200 lugares.

Uma fonte disse à Reuters que a encomenda poderia envolver até 150 jatos.

Um acordo para 100 aviões valeria cerca de 10,4 bilhões dólares, considerado o preço de tabela do 737 MAX 8, de 104 milhões de dólares, mas as companhias aéreas usualmente negociam descontos elevados quando fecham grandes encomendas.

O pedido da Ryanair, se confirmado, marcará outra grande vitória para o programa 737 MAX da Boeing, que já recebeu 2.219 encomendas desde o seu lançamento em 2011.

(Por Alwyn Scott)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOEINGRYANAIRHLDGS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.