Boeing fecha 4o tri no azul com receita 42% maior

A Boeing anunciou nesta quarta-feira que encerrou o quarto trimestre com lucro líquido, impulsionado por expansão de 42 por cento na receita. O aumento no faturamento ocorreu apesar da queda nas pedidos de 2009 por conta da crise econômica.

REUTERS

27 Janeiro 2010 | 12h00

A fabricante de aviões teve lucro líquido de 1,27 bilhão de dólares, ou 1,75 dólar por ação, contra prejuízo de 86 milhões de dólares um ano antes, ou 0,12 dólar por ação. O prejuízo em 2008 foi parcialmente causado por uma greve.

Excluindo-se eventos não recorrentes, a empresa teve um lucro por ação de 1,77 dólar, ante uma estimativa média de 1,36 dólar por ação em Wall Street, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita subiu 42 por cento, para 17,9 bilhões de dólares. O lucro da Boeing Commercial Airplane no quarto trimestre foi de 9,2 bilhões de dólares e a carteira de pedidos encerrou com 3.375 encomendas.

A previsão da empresa para 2010 é de lucro por ação entre 3,70 a 4 dólares, o que reflete a redução na produção do 777 e tamanho menor de programas de modernização de mísseis e do Exército dos EUA.

Analistas de Wall Street trabalhavam com uma previsão de lucro em 2010 de 4,26 dólares por ação sobre receita de 65,42 bilhões de dólares.

Mais conteúdo sobre:
AEREAS BOEING RESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.