Boeing reitera interesse em cargueiro da Embraer

A Boeing reiterou nesta terça-feira seu interesse em se unir à Embraer no desenvolvimento do carguerio KC-390, que a fabricante brasileira está desenvolvendo para a Força Aérea Brasileira (FAB).

REUTERS

15 de setembro de 2009 | 15h04

"A Boeing e a Embraer estão em estágio bastante avançado na colaboração para a plataforma do KC-390", disse a jornalistas o vice-presidente para o programa do caça F-18, Bob Gower.

O F-18 da Boeing é um dos três finalistas do programa F-X2, pelo qual a FAB pretende adquirir 36 caças de multiemprego.

Nesta terça-feira, a Boeing anunciou que realizará nos próximos dois dias conferências com 150 empresas brasileiras, que poderão se tornar fornecedoras da fabricante norte-americana.

Segundo Gower, a Boeing sinalizou que a tecnologia desenvolvida para o C-17, avião de transporte da fabricante dos Estados Unidos, pode ser utilizada pela Embraer no desenvolvimento do KC-390.

"Isso pode reduzir o custo da KC-390 e aumentar a sua competitividade no mercado", disse o executivo.

(Por Eduardo Simões)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOEINGEMBRAER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.