Boeing reverte prejuízo e fecha 2o tri com lucro de US$1,1 bi

A fabricante de aviões Boeingdivulgou nesta quarta-feira um forte lucro para o segundotrimestre, revertendo prejuízo sofrido um ano antes. Oresultado foi ajudado por entregas maiores de jatos comerciaise vendas para o setor militar elevadas. A Boeing, que disputa com a européia Airbus o título demaior fabricante de aviões do mundo e é a segunda maiorfornecedora do Pentágono, teve lucro líquido de 1,1 bilhão dedólares, ou 1,35 dólar por ação, ante prejuízo de 160 milhõesde dólares, ou 21 centavos de dólar por ação, sofrido um anoantes. A empresa divulgou que o faturamento cresceu 14 por centono trimestre, para 17 bilhões de dólares, e melhorou previsãode desempenho anual.

REUTERS

25 de julho de 2007 | 08h54

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSAEREASBOEINGRESULTS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.