Boeing supera Airbus em encomendas em Dubai

A Boeing liderou as encomendas por aeronaves durante a Dubai Air Show 2013, mas sua principal adversária, a Airbus, também emplacou pedidos importantes. Os negócios fechados no evento mostram a mudança de poder para o Oriente Médio na indústria da aviação.

STEFÂNIA AKEL, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Agencia Estado

18 de novembro de 2013 | 13h38

A EADS, fabricante dos aviões Airbus, fechou negócios para entregar 50 modelos A380 - o maior avião de passageiros do mundo - para a Emirates e 50 aviões A350 XWB e outros 36 A320neo para a Etihad Airways. A Emirates, companhia aérea que mais cresce no mundo, encomendou, no total, 200 novos aviões no valor de US$ 99 bilhões da Boeing e da Airbus no evento.

A Emirates juntou forças com a Qatar Airways para fechar um negócio de cerca de US$ 100 bilhões por aviões 777X da Boeing. No domingo, 17, a Emirates encomendou 150 modelos da nova aeronave, por US$ 76 bilhões, enquanto a Qatar pediu 50 aviões 777X, por US$ 19 bilhões.

O 777X foi lançado no domingo, mas a Boeing ainda não sabe se vai iniciar a montagem dos aviões em 2017 para fazer as primeiras entregas em 2020. Segundo o executivo-chefe da companhia, Jim McNerney, a empresa vai divulgar "planos bastante específicos" sobre a fabricação do novo avião "dentro de dois ou três meses".

Tudo o que sabemos sobre:
Dubai Air Show 2013BoeingAirbus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.