Boeing vê necessidade de 2.500 novos aviões na A. Latina até 203

A América Latina vai demandar 2.500 novos aviões comerciais até 2032 para expandir a frota atual e repor jatos antigos, disse nesta terça-feira um executivo da Boeing.

REUTERS

27 de março de 2012 | 15h12

As aquisições vão exigir um investimento de 250 bilhões de dólares, disse o vice-presidente de vendas da Boeing para América Latina, África e Caribe, Van Rex Gallard, durante a feira aérea FIDAE em Santiago.

(Por Antonio De La Jara)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOEINGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.