Boi: embargo russo causa prejuízo de US$ 1 mi/dia, estima CNA

Brasília, 29 - O embargo da Rússia à carne bovina do Brasil pode resultar em perda de US$ 1 milhão por dia. O cálculo leva em consideração o total das exportações do setor no mês de agosto, que alcançaram US$ 243 milhões. Desse total, o mercado russo comprou US$ 33 milhões, ocupando o primeiro lugar no ranking entre os principais importadores da carne bovina brasileira. Essa previsão foi apresentada há pouco pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). De acordo com o presidente do Fórum Nacional Permanente da Pecuária de Corte da CNA, Antenor Nogueira, os prejuízos poderão começar a ser contabilizados nas próximas semanas, já que a Rússia autorizou o embarque de lotes já contratados nas compras do Brasil. Em agosto, a Rússia foi o principal destino das exportações de carne do Brasil, superando Chile e Países Baixos, que antes ocupavam as primeiras posições no ranking entre os principais importadores. Apesar dos problemas causados pelo embargo à carne brasileira, Nogueira estima que as exportações totais do setor em 2004 deverão ultrapassar 1,6 milhão de toneladas em equivalente-carcaça, com faturamento de US$ 2 bilhões. No ano passado, as exportações de carne bovina somaram 1,3 milhão de t, com faturamento de US$ 1,5 bilhão.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2004 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.