LEFTERIS PITARAKIS/ASSOCIATED PRESS/AE
LEFTERIS PITARAKIS/ASSOCIATED PRESS/AE

Bolsa de Londres recusa proposta de compra de US$ 37 bilhões

Bolsa de Hong Kong havia oferecido pagar 23% a mais sobre valor dos papéis da instituição britânica, que rejeitou a oferta por unanimidade

Agências Internacionais

13 de setembro de 2019 | 10h49

O controlador da Bolsa de Londres, o London Stock Exchange Group (LSGE), rejeitou a proposta de 29,6 bilhões de libras (quase US$ 37 bilhões) feita pela Hong Kong Exchanges & Clearing. O conselho recusou a proposta de maneira unânime, dizendo que havia preocupações sobre todos os aspectos da oferta, incluindo estratégia, entrega e valor que seria pago pela instituição.

O preço da oferta tinha um prêmio de 23% sobre o preço de fechamento de terça-feira da ação do LSEG, de 68,04 libras, e coloca um valor real sobre a empresa de 31,6 bilhões de libras, incluindo dívidas.

O LSEG disse que permanece comprometido e continua fazendo bom progresso na sua aquisição proposta da Refinitiv Holdings, que ele comprou em 1º de agosto em um negócio de US$ 27 bilhões em ações, incluindo dívidas. 

Tudo o que sabemos sobre:
bolsa de valoresmercado de capitais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.