Bolsas dos EUA despencam com mais temores no setor financeiro

As bolsas de valores dos EstadosUnidos despencaram na quarta-feira em meio a preocupações com oimpacto da crise de crédito nas companhias financeiras e com aCisco Systems derrubando as ações de tecnologia após seu CEOelevar os temores sobre as consequências da turbulênciaeconômica. O índice Dow Jones teve forte baixa de 2,08 por cento, a11.147 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 2,28 por cento, a1.244 pontos. O Nasdaq retrocedeu 2,60 por cento, a 2.234pontos. Nas últimas notícias que assustaram o mercado, JohnChambers da Cisco disse à Reuters que os clientes da empresavêem uma recuperação na economia apenas em 2009 e não nesteano. Ao menos duas corretoras também cortaram os preços de suasações. Os papéis da Fannie Mae e do Freddie Mac caíram fortementecom investidores preocupados que os dois pilares do mercadoimobiliário norte-americano precisarão levantar bilhões dedólares por venda de ações, diluindo a participação dos atuaisacionistas. A Merrill Lynch afundaram mais de 9 por cento, após a FitchRating afirmar que pode cortar o rating do banco deinvestimento, devido as esperadas baixas-contábeis e as menoresperspectivas de lucros. "Existe um incerteza sobre as ações financeiras à medidaque nós entramos na temporada de resultados corporativos elevantamento de capital parece ser necessário", disse BuckyHellwig, vice-presidente sênior da Morgan Asset Management.

KRISTINA COOKE, REUTERS

09 de julho de 2008 | 18h08

Mais conteúdo sobre:
WALLSTFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.