Bolsas dos EUA fecham em alta animadas com projeções da FedEx

O mercado de ações norte-americano fechou em alta nesta quinta-feira, resistindo a uma onda de vendas no final da sessão, com a divulgação de uma previsão de lucro otimista da FedEx, companhia considerada um termômetro da economia norte-americana.

RYAN VLASTELICA, REUTERS

16 de dezembro de 2010 | 20h04

No fechamento desta quinta-feira, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,36 por cento, para 11.499 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,77 por cento, para 2.637 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,62 por cento, para 1.242 pontos.

Papéis que registraram bom desempenho em 2010 estiveram entre os destaques da sessão, uma vez que investidores buscavam impulsionar seus ganhos próximo do final do ano. O número de ações em alta foi mais que o dobro do volume de papéis em queda, tanto na Bolsa de Nova York quanto na Nasdaq.

A companhia de entregas FedEx elevou suas projeções para o ano, embora seu lucro e receita trimestrais tenham ficado abaixo do esperado. As ações da companhia subiram 2 por cento para 94,22 dólares, enquanto que sua principal concorrente, a United Parcel Services, avançou 2,1 por cento para 73,76 dólares. Já o índice de transporte da Dow Jones indicava ganhos de 1,3 por cento.

"O fato de que os resultados da FedEx ficaram abaixo do esperado foi ofuscado por suas projeções fortes, o que é um bom indicador de que temos um ambiente econômico positivo pela frente", disse Kimberly Foss, presidente da Empyrion Wealth Management, que gerencia mais de 200 milhões de dólares em ativos.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.