Bolsas dos EUA fecham em alta por tech e energia

As bolsas de valores dos EstadosUnidos fecharam em alta nesta segunda-feira, voltando a subirapós a desvalorização da semana passada, à medida que o apetitedos investidores por ações baratas e comentários sobreaquisições levaram a ganhos no setor de tecnologia. Além disso, uma alta nos preços do petróleo impulsionou ospapéis de empresas de energia. O índice Dow Jones subiu 0,48 por cento, a 12.240 pontos. OStandard & Poor's 500 teve alta de 0,59 por cento, para 1.339pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq ganhou 0,66 porcento, a 2.320 pontos. O Nasdaq foi puxado pela Apple e pela Research in Motion . Um forte ganho nos papéis da General Motors apóscomentários positivos de uma corretora ajudaram o Dow acompensar a queda de quase 12 por cento da AmericanInternational, maior seguradora do mundo. As ações da GMsubiram 5,1 por cento, para 27,12 dólares. A AIG recebeu uma repreensão de seus auditores sobre comoavalia alguns derivativos de crédito, o que significa que podeenfrentar perdas em hipotecas que segura ou investe nos EUA,levando suas ações para a pior queda desde o colapso do mercadoacionário em 1987. "Eles poderiam ter usado a AIG como desculpa para vender,mas como tivemos uma das piores semanas em anos, podemosignorar isso", disse Alan Lancz, presidente da Alan B. Lancz &Associates, em Toledo, Ohio. A Exxon Mobil liderou os ganhos do S&P, por conta doaumento de 2 por cento nos futuros de petróleo, cotados a 93,59dólares por barril. Sobre aquisições, a rejeição do Yahoo à proposta daMicrosoft aumento a expectativa de que a oferta pode aumentar.Já a Motorola e a Nortel Networks podem unir suas unidades deredes sem fio, segundo o The Wall Street Journal. As empresasnão fizeram comentários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.