Bolsas dos EUA fecham perto de estabilidade após Fed

O mercado de ações norte-americano fechou próximo à estabilidade, tendendo para baixo, nesta terça-feira após o Federal Reserve sugerir que pode tomar novas medidas para impulsionar a recuperação econômica.

RYAN VLASTELICA, REUTERS

21 de setembro de 2010 | 18h38

No fechamento desta terça-feira, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,07 por cento, para 10.761 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,28 por cento, para 2.349 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,26 por cento, para 1.139 pontos.

O mercado começou o dia com leve alta, mas reverteu rapidamente. Investidores esperavam que, com as recentes melhoras nos dados econômicos, o Fed iria divulgar projeções mais otimistas ou esclarecer as medidas que tomará para estimular a demanda.

O banco central dos EUA indicou que poderá colocar mais dinheiro na economia, mas manteve as taxas de juro estáveis, próximo do zero, como esperado.

Com o índice S&P 500 em alta de cerca de 9 por cento este mês, investidores ainda questionam se uma medida do Fed seria suficiente para colocar a economia de volta no rumo para o crescimento sustentável.

"Uma interpretação seria que as coisas estão se deteriorando e, portanto, eles precisam fazer mais. Por outro lado, o aspecto positivo disso seria que aumentariam a impressão de dinheiro para impulsionar o preço de ativos", disse o vice-presidente sênior da BB&T Wealth Management, Bucky Hellwig.

A confusão pode ser vista em diferentes classes de investimento, que tiveram alta simultaneamente, com os preços de bônus também subindo com as ações nos últimos dias.

O volume de operações aumentou após o anúncio, mas continuou baixo, com 8,03 bilhões de negócios nas bolsas de Nova York, American Stock Exchange e Nasdaq. A média diária estimada no ano passado era de 9,65 bilhões de transações.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.