Bolsas nos EUA caem por aumento de preocupação com economia

As bolsas de valores dos EstadosUnidos fecharam em queda nesta quinta-feira, com o aumento dapreocupação de investidores com as previsões econômicas após opresidente-executivo da maior concessora de hipotecas dosEstados Unidos afirmar que a crise imobiliária pode levar opaís a uma recessão. O índice Dow Jones fechou sem variação percentual, a 13.235pontos. O Standard & Poor''s 500 declinou 0,11 por cento, para1.462 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 0,43 por cento, a 2.541pontos. Os comentários de Angelo Mozilo, da Countrywide Financial,rapidamente acabaram com um rali nos índices norte-americanosdecorrente da notícia de que o Bank of America havia investido2 bilhões de dólares na concessora de hipotecas. As ações do setor financeiro estavam entre as maioresquedas desta quinta-feira. O setor arca com as consequências dadiminuição da confiança dos investidores nas últimas semanascomo resultado da turbulência no mercado de crédito. Os comentários de Mozilo sobre o mercado de empréstimosimobiliários ressaltaram a necessidade de que o Federal Reservetome mais medidas, disse Phil Orlando, estrategista de mercadoda Federated Investors, em Nova York. "O Fed cortou a taxa de redesconto e acrescentou liquidezaos mercados, mas isso não é suficiente para reverter o mercadofundamental", disse Orlando. Mozilo, falando à emissora CNBC, disse que o setor dehipotecas "certamente não está melhorando" e que a turbulênciapode trazer recessão à economia. Ele também disse que o mercadode commercial papers não está melhorando. (Por Caroline Valetkevitch)

REUTERS

23 de agosto de 2007 | 18h56

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.