Bombardier aumenta produção de jatos após alta no lucro

A Bombardier informou nestaquarta-feira que planeja aumentar a velocidade de produção deseus jatos regionais, após o lucro trimestral ter crescido 23por cento com nível elevado de entregas destas aeronaves ejatos executivos. A Bombardier divulgou lucro de 91 milhões de dólares, ou0,05 dólar por ação, no terceiro trimestre encerrado em 31 deoutubro. No mesmo período do ano passado, a companhia teveresultado positivo de 74 milhões de dólares. A receita subiu 15 por cento, de 3,4 bilhões para 4,2bilhões de dólares, principalmente por causa de maioresentregas de aeronaves regionais e executivas. A fabricante canadense informou que aumentará a produçãodos jatos CRJ700 e CRJ900 para uma aeronave a cada três diasante uma a cada quatro dias. O aumento na produção aconteceapós medida semelhante adotada em agosto. A expectativa da companhia é produzir 50 CRJ700s e CRJ900sneste ano fiscal, que termina em 31 de janeiro, e cerca de 64destes modelos no próximo ano. A companhia, que tem a brasileira Embraer como principalrival no mercado regional de jatos, relatou que o acúmulo depedidos no final do trimestre somou um novo recorde de 19,6bilhões de dólares no setor aéreo e 32 bilhões de dólares noferroviário. No terceiro trimestre, o lucro foi impulsionado pormelhores preços de venda de jatos executivos e aeronavesregionais. Mas o resultado foi contido pela apreciação do dólarcanadense frente ao dólar dos Estados Unidos e à libraesterlina, afirmou a Bombardier. Encomendas de aeronaves subiram para 124 ante 95registradas um ano antes, com pedidos líquidos de jatosexecutivos saltando de 57 parara 112 unidades.

ROBERT MELNBARDIS, REUTERS

28 de novembro de 2007 | 14h34

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOMBARDIERRESULTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.