Bombardier ganha contrato para trem de alta velocidade na China

A canadense Bombardier afirmou nesta segunda-feira que sua joint venture chinesa ganhou um contrato de 4 bilhões de dólares do Ministério de Ferrovias da China, para o fornecimento de 80 trens de alta velocidade.

JOHN MCCRANK, REUTERS

28 de setembro de 2009 | 17h33

A Bombardier Sifang (Qingdao) Transportation, joint venture entre Bombardier, CSR Sifang Locomotive e Rolling Stock, irá fornecer à China 80 trens modelo Zefiro, que têm capacidade máxima de velocidade de 380 quilômetros por hora, disse a empresa.

A fatia da Bombardier no contrato vale cerca de 2 bilhões de dólares, e o primeiro trem deve ser entregue em 2012, enquanto as últimas entregas estão marcadas para 2014.

As ações da Bombardier, maior fabricante de trens do mundo e terceira maior em aeronaves, chegaram a registrar alta de 0,35 dólar canadense, ou 7,7 por cento, aos 4,92 dólares canadenses, na bolsa de valores de Toronto na manhã desta segunda-feira.

(Reportagem adicional de Isheeta Sanghi em Bangalore)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOMBARDIERCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.