Bovinos deram à Marfrig 50% da receita no 3º trimestre

A operação de bovinos representou 50% da receita do Grupo Marfrig no terceiro trimestre, segundo Sergio Rial, que assumirá a presidência da companhia em janeiro de 2014. No terceiro trimestre a receita líquida da companhia somou R$ 4,94 bilhões, alta de 11% sobre o segundo trimestre. Já o segmento de aves respondeu por 42% da receita trimestral e outros negócios corresponderam a 8% do desempenho da companhia entre julho e setembro. "Tivemos melhorias operacionais em todas as áreas", destacou o atual presidente da companhia, Marcos Molina, que a partir de janeiro será presidente do Conselho de Administração do grupo.

VANESSA STECANELLA, Agencia Estado

13 de novembro de 2013 | 11h16

A margem bruta da Marfirg Beef (bovinos) cresceu 19% no terceiro trimestre ante o segundo, com lucro bruto de R$ 367,4 milhões. A receita líquida da operação somou R$ 2,239 bilhões, alta de 10% ante o segundo trimestre e o Ebitda Ajustado (exclui efeitos de outras receitas/despesas operacionais) cresceu 39% para R$ 202,2 milhões.

Na Keystone a margem bruta avançou 26%, somando lucro bruto de R$ 97,4 milhões, devido à melhora da paridade cambial e ao aumento de vendas nos EUA e Ásia. A receita líquida atingiu R$ 1,48 bilhão, avanço de 15% sobre o segundo trimestre e o Ebitda ajustado aumentou 40% para R$ 95,4 milhões.

A Moy Park registrou crescimento de 14% na margem bruta, com alta nas vendas no varejo e food service, tendo lucro bruto de R$ 121,4 milhões. A receita líquida da operação atingiu R$ 1,22 bilhão, alta de 8% na comparação trimestral e Ebitda ajustado R$ 776 milhões, avanço de 17%. Rial destacou também que a exportação de carne in natura teve expansão de 55% em volumes no terceiro trimestre.

Tudo o que sabemos sobre:
Marfrigbalanço3º trimestrebovinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.