BP fecha unidades no Texas após corte de energia

A petroleira British Petroleum (BP) afirmou que todas as unidades de processamento na refinaria americana de Texas City, a maior da companhia, foram fechadas devido a uma falha de energia. Na noite de ontem, a usina pegou fogo, o que provocou queima de gases industriais. A causa da falta de energia ainda não foi identificada e não há previsões de quando a usina voltará a operar, afirmou o porta-voz da BP, Scott Dean, acrescentando que ninguém ficou ferido no incidente.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

26 de abril de 2011 | 13h26

A falta de energia também afetou a refinaria da Marathon Oil, com capacidade para produzir 76 mil barris por dia, e a refinaria da Valero Energy Corp, que tem capacidade de produção de 214 mil barris por dia. A Marathon Oil disse que suas unidades em Texas City estavam retomando as operações, mas se recusou a dizer quais instalações tinham sido afetadas. A Valero afirmou que suas unidades na cidade ainda estavam fechadas.

Logo após o incidente, autoridades da Administração de Emergências de Texas City disseram aos moradores da região para ficarem dentro de suas cacas e desligarem os aparelhos de ar-condicionado após falhas de energia na refinaria e numa usina da Dow Chemical. O alerta foi emitido por causa dos temores de possíveis explosões e emissões de gases nocivos, disse o diretor do órgão, Bruce Clawson. Mais tarde, o alerta foi retirado por volta das 5h (horário de Brasília) após o órgão constatar que a situação estava sob controle. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BPpetróleousinaacidenteTexas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.