BP pagará pelo menos US$ 60 milhões em indenizações em agosto

Empresa já pagou US$ 256 milhões até o momento, dos quais US$ 30 milhões na semana passada

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

28 de julho de 2010 | 13h15

A BP anunciou que fará em agosto pelo menos US$ 60 milhões em pagamentos adiantados a trabalhadores da região do Golfo do México que perderam suas fontes de renda em função do vazamento de petróleo iniciado em 20 de abril.

A empresa já pagou US$ 256 milhões até o momento, dos quais US$ 30 milhões na semana passada. A companhia recebeu 133 mil queixas e fez mais de 83 mil pagamentos desde que começou a fazer as indenizações, em maio.

A BP começará a adiantar os pagamentos de agosto nesta semana. Os requerentes receberão seu dinheiro cerca de 30 dias depois do pagamento de julho. A transferência dos processos de queixa para Kenneth Feinberg, no próximo mês, não afetará os pagamentos adiantados para o período, de acordo com a BP. Feinberg foi indicado pelo governo Obama e pela empresa para administrar os processos de demandas para o fundo que a companhia criou em junho para compensar as vítimas do vazamento. Anteriormente, ele gerenciou um fundo do governo de US$ 7 bilhões para indenizar famílias de vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BPindenizaçõesvazamentopetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.