Bradesco amplia crédito para micro e pequenas empresas

O Bradesco ampliou em R$ 7 bilhões os limites de crédito pré-aprovado para micro e pequenas empresas para atender a demanda natural desses clientes no início de ano. Com taxas a partir de 1,86% ao mês e prazos de até 36 meses, as linhas disponíveis incluem financiamento de capital de giro, antecipação de recebíveis, conta-garantida e cartão de crédito.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2014 | 13h45

"Acreditamos que o início do ano é um momento oportuno de reforçar o crédito aos nossos clientes", disse Altair Antônio de Souza, diretor executivo do Bradesco."O volume adicional atenderá a demanda natural do segmento neste período, quando aumentam despesas típicas, como impostos, necessidade de reposição de estoques e aquisição de matéria-prima.

A carteira de crédito de micro, pequenas e médias empresas do Bradesco encerrou dezembro em R$ 128,5 bilhões. O montante foi 3,3% superior ao registrado em setembro e 11,5% em um ano. Apesar da expansão dos empréstimos, a inadimplência, considerando os atrasos acima de 90 dias, recuou. Passou de 4,0% em setembro para 3,7% em dezembro.

Os micro e pequenos empreendedores têm peso na carteira do Bradesco. Atualmente, são 1,4 milhão de clientes neste segmento, respondendo por 92% do número de clientes pessoa jurídica do banco. O atendimento de micro e pequenas empresas é feito de maneira segmentada na maioria das agências da rede do Bradesco que destina espaços e gerentes especializados para este público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.