Bradesco é líder em valor de marcas na América Latina

O Bradesco é a marca mais valiosa da América Latina, pelo segundo ano consecutivo, segundo levantamento feito pela empresa Brand Finance América Latina, antecipado à Agência Estado. Foram analisadas, no total, 150 marcas. O Brasil representa 84% do valor total do ranking.

AE, Agencia Estado

19 de setembro de 2012 | 10h48

A marca Bradesco é a primeira do ranking, valendo R$ 31,9 bilhões, segundo a metodologia da empresa inglesa, seguida por dois outros bancos: Itaú, com R$ 26,8 bilhões, e Banco do Brasil, com R$ 14,8 bilhões. Em quarto lugar vem a Claro, do México, com valor de marca avaliado em R$ 11,6 bilhões. Depois, novamente aparece um banco, o Santander do Brasil, com R$ 11,4 bilhões. Na sexta posição vem a Petrobras, com valor de marca de R$ 11,2 bilhões. Em sétimo está o Walmart do Brasil, com R$ 9,5 bilhões. Na sequência vêm a Vivo (R$ 8,8 bilhões), a Vale (R$ 8 bilhões) e a Fiat (R$ 7,9 bilhões).

?Mesmo com um crescimento menor em relação a 2011, fruto de novo cenário, com quedas do Produto Interno Bruto (PIB), do crédito e redução das taxas de juros, os bancos brasileiros demonstraram solidez e melhora do desempenho de suas marcas perante seus públicos?, disse o CEO da Brand Finance América Latina, Gilson Nunes.

O coordenador do estudo ressaltou que, apesar da crise financeira global, o valor das 100 maiores marcas brasileiras cresceu 7%, índice superior ao do PIB, para R$ 330,8 bilhões em 2012. Porém, o ritmo desacelerou, já que, em 2011, esse universo de marcas teve crescimento de 17% ante 2010. ?Isso reflete as incertezas do cenário econômico nos últimos 12 meses; mas, ainda assim, as marcas apresentaram índices de evolução, já que são ativos estratégicos mais resistentes e duráveis em momentos de crise.? As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Bradescovalor de marcaslíder

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.