Bradesco emite R$ 11,45 bi em prêmios de seguros

A Bradesco Seguros emitiu R$ 11,450 bilhões em prêmios de seguros no primeiro trimestre de 2014, montante 4,5% maior que o registrado em um ano, de R$ 10,953 bilhões. Em relação ao último trimestre do ano passado, porém, foi verificada queda de 21% devido a fatores sazonais.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

24 de abril de 2014 | 09h09

O lucro líquido da operação de seguros do Bradesco foi a R$ 1,040 bilhão no primeiro trimestre, aumento de 11,8% em relação ao visto em igual intervalo de 2013. Na comparação trimestral foi registrado incremento de 3,9%. A Bradesco Seguros respondeu por 30% do lucro líquido ajustado do banco nos três primeiros meses deste ano, de R$ 3,473 bilhões.

O índice combinado, que mede a eficiência operacional de uma seguradora, ficou em 86,4%, piora de 0,4 ponto porcentual em um ano e de 0,3 ponto porcentual em relação ao último trimestre de 2013. Quanto menor o indicador, melhor. Acima de 100% indica prejuízo da operação.

Dos prêmios emitidos no primeiro trimestre os destaques foram o segmento de saúde, cujos prêmios cresceram 23,3% ante um ano, para R$ 3,748 bilhões, e ramos elementares, que avançou 34,6% na mesma base de comparação, para R$ 1,399 bilhão. Em contrapartida, os prêmios de vida e previdência recuaram 12,4% no primeiro trimestre em 12 meses e os demais ramos declinaram 46,1%. Capitalização teve aumento de 22,6%.

A seguradora do Bradesco encerrou março com patrimônio líquido de R$ 17,602 bilhões, queda de 4,5% em um ano e alta de 2,0% ante dezembro. O retorno anualizado sobre o patrimônio ficou em 26% no período abaixo do 27,3% visto ao final de dezembro.

Os ativos totais foram a R$ 162,712 bilhões no primeiro trimestre, aumento de 4,9% em um ano. Na comparação com os três meses anteriores o crescimento foi de 1,1%. Já a sinistralidade da Bradesco Seguros ficou em 70,1% ao final de março ante 71,1% em dezembro. Em um ano, o indicador piorou 0,50 ponto porcentual.

A Bradesco Seguros somava 45,3 milhões de clientes, com redução de 400 mil segurados ante o número de dezembro. Em um ano, porém, foram acrescidas 2,4 milhões de pessoas em sua carteira. Para 2014, a seguradora espera que os prêmios emitidos avancem no mínimo 9% e no máximo 12%.

Tudo o que sabemos sobre:
Bradescoprimeiro trimestre2014seguros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.