Bradesco fecha acordo de bônus com Claro, Oi e Tim

As operadoras Claro, Oi e TIM também firmaram acordo com o Bradesco para conversão de tarifas de conta corrente em bônus para ligações e mensagens no celular pré-pago. Hoje pela manhã, o banco anunciou parceria com a Vivo para a criação da Conta Bônus Celular Bradesco, trocando o valor pago na cesta de serviços, de R$ 11 a R$ 16, em créditos para o celular.

ALTAMIRO SILVA JÚNIOR, Agencia Estado

18 de maio de 2010 | 18h57

O Bradesco informa que a parceria com a Vivo já está em funcionamento nas agências de todos os locais onde a operadora de telefonia está presente. No caso das outras três empresas, o banco informa que o acordo foi assinado, mas a operação nas agências ainda não começou.

Na parceria com a Vivo, o Bradesco acredita ter potencial para abrir 25 mil contas correntes por mês, que vão converter o valor das tarifas para créditos para celulares pré-pagos. "O Bradesco abre 250 mil contas por mês. Acreditamos que 10% delas podem ser da conta bônus", disse o diretor executivo do banco, Candido Leonelli. Estima-se que entre 40 e 50 milhões de portadores de celular pré-pago não têm conta corrente. Dos 180 milhões de celulares que existem no Brasil, 80% são pré-pagos.

Tudo o que sabemos sobre:
bancoBradescotelefoniaClaroOiTim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.