Brasil deve exportar 2,52 bilhões de litros de álcool, diz Datagro

São Paulo, 12 - O Brasil deverá exportar, na safra 2004/05, 2,52 bilhões de litros de álcool, de acordo com a nova estimativa da Datagro. Deste total, 1,8 bilhão de litros será exportado pelo Centro-Sul e 720 milhões de litros pelo Nordeste. Segundo Plínio Nastari, da Datagro, este aumento na expectativa de exportação não deverá provocar desabastecimento no mercado interno. Nastari disse que mesmo considerando um aumento das vendas dos carros flexifuel a falta de combustível está praticamente descartada. "Os estoques de passagem serão pequenos mas já está se pensando em um adiantamento da colheita, o que vai injetar álcool na próxima safra no mercado e aumentar a oferta do produto", disse. Nastari disse também que os preços não devem subir mais que o atual patamar. Segundo ele, o preço do álcool já atingiu o seu pico e não deve ultrapassar este valor. O Indicador Semanal da Esalq estava me R$ 0,97736 por litro de anidro na semana passada, a maior cotação desde maio de 2003. Nastari também estimou a produção de álcool do Centro-sul em 13,5 bilhões de litros e do Nordeste em 1,8 bilhão de litros. O consultor está prevendo que, na safra 2004/05, o mix de produção fique em 49,73% de açúcar no Centro-Sul e 50,27% de álcool ante 47,96% de açúcar e 52,04% de álcool na safra passada. As exportações de açúcar devem atingir 17,52 milhões de toneladas sendo 14,6 milhões de t do Centro-sul e 2,92 milhões de t do Nordeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.