Brasil recebe holding Telefônica América Latina em 2013

O presidente da Telefônica/Vivo, Antonio Carlos Valente, disse nesta quarta-feira que a transferência da Espanha para o Brasil da holding que administrará os negócios da Telefónica na América Latina se dará ao longo de 2013. Segundo ele, cerca de 100 executivos passarão a atuar no País, transferidos da Europa. "Simplesmente será uma mudança, que será efetivada em 2013", disse a jornalistas após anunciar uma nova empresa em parceria com a MasterCard.

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

28 de novembro de 2012 | 17h29

Valente evitou dar maiores detalhes sobre o funcionamento da nova holding. Segundo executivos da empresa, há estudos para que todos os negócios na América Latina sejam concentrados nessa holding, que poderia ser listada em Bolsa.

Valente reafirmou ainda o plano de investimentos da empresa, que prevê aportes de cerca de R$ 24 bilhões para os anos de 2011 a 2014. "O Brasil segue com prioridade nos investimentos da Telefónica Internacional", disse.

Questionado sobre uma eventual proposta para comprar a operadora de telefonia GVT, o executivo evitou fazer comentários. Em 2009, a Telefônica perdeu para o grupo francês Vivendi a disputa pela operadora. Agora, a Vivendi busca vender a GVT para solucionar problemas de endividamento excessivo.

Tudo o que sabemos sobre:
TelefônicaAmérica Latinaholding

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.