Brasil teve 70 fusões e aquisições em março, diz PwC

O mês de março registrou 70 transações de fusões e aquisições, o maior número de negócios nos últimos nove meses, segundo relatório da consultoria PwC. O primeiro trimestre, contudo, praticamente repetiu o mesmo patamar de igual período de 2012, com 183 transações contra 181 operações do ano passado. Na comparação mensal, o mês de março registrou crescimento de 16,7% contra fevereiro, quando ocorreram 60 negócios.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2013 | 13h30

"Nos últimos quatro anos, o Brasil vivencia uma mudança no perfil de investimentos: o País recebe cada vez mais recursos estrangeiros'', revela o relatório. Entretanto, os investidores nacionais mantêm a liderança no primeiro trimestre, com 104 transações, igual a 2012. Os recursos estrangeiros apresentaram crescimento de 2,6% contra 2012, com 79 transações.

De acordo com o padrão histórico, a maior parte dos negócios, 53%, envolve a aquisição de participação majoritária. Na sequência estão as compras minoritárias, com 38%.

Na divisão setorial, tecnologia da informação concentrou 19% dos negócios no período de janeiro a março desse ano, com 34 transações, valor 48% superior ao registrado no mesmo período de 2012. O relatório da PwC destaca também o segmento de serviços, que obteve expansão de 271%, de 7 para 26 negócios em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
fusõesPwCmarço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.