Brasileiros gastaram US$ 1,7 bilhão no exterior em janeiro

As receitas somaram US$ 595 milhões; déficit nesta conta atingiu US$ 1,1 bilhão 

Fabio Graner e Adriana Fernandes, da Agência Estado,

23 de fevereiro de 2011 | 11h11

A conta de viagens internacionais registrou em janeiro déficit de US$ 1,146 bilhão, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central. Em janeiro do ano passado, essa conta teve saldo negativo de US$ 651 milhões. No mês passado, as receitas de viagens somaram US$ 595 milhões e as despesas, US$ 1,741 bilhão.

O chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Túlio Maciel, destacou que entre as pessoas físicas houve aumento nas viagens internacionais, que foram um recorde da conta de despesas.

Segundo o BC, a conta de aluguel de equipamentos registrou no mês passado um déficit US$ 1,062 bilhão, com receitas de US$ 4 milhões e despesas de US$ 1,066 bilhão. Em janeiro do ano passado, essa conta teve saldo de US$ 874 milhões.

Déficit

Tulio Maciel informou que a conta de viagens internacionais registra em fevereiro até hoje saldo negativo de US$ 610 milhões, com receitas de US$ 442 milhões e despesas de US$ 1,052 bilhão.

Em janeiro, o déficit de viagens foi de US$ 1,146 bilhão, o mais alto para o mês na história.

Segundo ele, a conta de aluguel de equipamentos registra na parcial de fevereiro déficit de US$ 308 milhões. Em janeiro, o déficit foi de US$ 1,062 bilhão.

A conta de royalties e licenças tem saldo negativo no mês de US$ 219 milhões (em janeiro, foi déficit de US$ 139 milhões), e a de computação e informações, déficit de US$ 102 milhões (em janeiro, saldo negativo de US$ 361 milhões).

Tudo o que sabemos sobre:
viagens internacionaiscontasdéficits

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.