Brasilprev tem lucro recorde de R$ 300,1 mi em 2010

A Brasilprev, empresa de planos de previdência complementar do Banco do Brasil, anunciou hoje lucro líquido recorde de R$ 300,1 milhões em 2010, um crescimento de 16,4% ante 2009. A receita dos planos da seguradora atingiu a marca de R$ 10,2 bilhões, um crescimento de 57,6% em relação ao período anterior.

ALTAMIRO SILVA JUNIOR, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2011 | 17h19

Na avaliação do presidente da Brasilprev, Sérgio Rosa, o aumento das vendas é explicado pela melhora da economia, que fez a renda da população crescer e aumentar a disponibilidade de recursos para poupar, seja nas classes A e B, seja entre as pessoas de menor renda.

As vendas da Brasilprev no ano passado foram impulsionadas, principalmente, pela arrecadação dos planos Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBL) - indicado para quem faz a declaração simples do Imposto de Renda (IR) -, que totalizou R$ 7,5 bilhões, alta de 79,5% ante 2009. Já a arrecadação da modalidade Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL) - indicado para quem faz a declaração completa do IR - teve um crescimento de 17,7%, com R$ 1,7 bilhão.

Segundo Rosa, os números de 2010 mostram que o investidor de planos de previdência está buscando risco maior. As reservas dos planos compostos (que investem em renda fixa e ações) aumentaram 35%. Já a venda do "ciclo de vida" (plano que permite ajuste dos investimentos de renda fixa e ações ao longo da vida do participante) tiveram captação 120% maior, com R$ 2,79 bilhões. "Para uma estratégia de longo prazo, o investidor percebe que faz sentido diversificar."

A carteira de ativos sob gestão da Brasilprev alcançou R$ 37,2 bilhões em dezembro de 2010, um incremento de 38%. A seguradora do BB terminou o ano com 1,29 milhão de clientes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.