Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Braskem amplia venda de polietileno verde para Tetra Pak

A petroquímica Braskem fechou um acordo com a Tetra Pak para fornecer polietileno de baixa densidade (PEBD) produzido a partir de cana-de-açúcar, ampliando assim o portfólio de produtos considerados verdes vendidos à fabricante de embalagens. O PEBD produzido a partir de cana-de-açúcar é uma inovação dentro da Braskem, que iniciará a produção da resina no começo de 2014.

ANDRÉ MAGNABOSCO - ANDRE.MAGNABOSCO@ESTADAO.COM, Agencia Estado

25 de junho de 2013 | 12h48

A Braskem já produz polietileno de alta densidade (PEAD) e polietileno de baixa densidade linear (PEADL) verdes em escala industrial desde setembro de 2010. O PEAD já é fornecido para a Tetra Pak e utilizado na produção de tampas. Com o fornecimento de PEBD, a Tetra Pak amplia o uso de resinas verdes também às camadas protetoras das embalagens.

De acordo com a Tetra Pak, o acordo permitirá à empresa ter 100% das embalagens produzidas no Brasil compostas por aproximadamente 82% de materiais provenientes de fontes renováveis.

O objetivo da Braskem é produzir aproximadamente 30 mil toneladas de PEBD verde a partir de 2014. Com a nova linha de produtos, a taxa de utilização da petroquímica na categoria de insumos verdes deve subir de atuais 70% para aproximadamente 85%, número que tornaria mais viáveis novos investimentos em expansão de capacidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Braskempolietileno verdeTetra Pak

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.