Braskem aprova joint venture com Idesa para projeto no México

O conselho de administração da Braskem informou nesta quinta-feira ter aprovado a constituição de uma joint venture com o grupo mexicano Idesa.

REUTERS

18 de fevereiro de 2010 | 20h53

A parceria é para "o desenvolvimento e implementação de projeto petroquímico integrado no México", de acordo com um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em novembro, a petroquímica brasileira anunciou a associação ao grupo Idesa para a construção de projeto petroquímico integrado no México, com investimento inicialmente previsto de até 2,5 bilhões de dólares.

O empreendimento, localizado no Complexo Petroquímico de Coatzacoalcos, deve entrar em operação em 2015.

(Texto de Georgia Jordan)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESAS, BRASKEM, IDESA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.