Braskem conclui compra de ativos da Dow Chemical

A petroquímica Braskem anunciou hoje a conclusão da aquisição do negócio de polipropileno da Dow Chemical, após o aval dos órgãos antitruste dos Estados Unidos e da Europa. O negócio, estimado em US$ 323 milhões, foi comunicado em 27 de julho e envolve quatro unidades industriais, das quais duas localizadas nos Estados Unidos e duas na Alemanha.

AE, Agencia Estado

30 de setembro de 2011 | 18h03

Com a aquisição, a Braskem se tornou a maior fabricante de polipropileno dos Estados Unidos e consolida a posição de maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. As duas unidades em território norte-americano têm capacidade conjunta de 505 mil toneladas por ano, o que representa aumento de 50% na capacidade de produção de polipropileno da Braskem naquele país. As fábricas da Alemanha possuem capacidade anual de produção de 545 mil toneladas por ano.

Tudo o que sabemos sobre:
petroquímicaBraskemDow Chemical

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.