Braskem eleva previsão para produção de eteno no RS

O vice-presidente de Planejamento e Tecnologia da Informação da Braskem, Alan Hiltner, disse hoje que a unidade de produção de eteno a partir do etanol da companhia em Triunfo, no Rio Grande do Sul, terá capacidade anual de processar 200 mil toneladas. A previsão inicial do projeto era de 150 mil toneladas. Segundo o executivo, a unidade começará a funcionar em agosto, com toda a produção já vendida. Hiltner explica que a existe uma crescente demanda por produtos verdes, apesar do custo 30% superior ao similar oriundo do petróleo. Para o executivo, as limitações tecnológicas e de logística para o uso da cana-de-açúcar como matéria-prima na produção em larga escala serão superadas em pouco tempo. Ele disse que a Braskem já estuda projetos com capacidade de produção de 400 mil toneladas.

ALEXANDRE RODRIGUES, Agencia Estado

25 de maio de 2010 | 14h26

Durante uma palestra em um seminário sobre as perspectivas de crescimento da indústria petroquímica no Brasil, realizado esta manhã na Fundação Getúlio Vargas, o Hiltner traçou um cenário otimista para a Braskem este ano. Segundo ele, o aumento da demanda das principais resinas, em torno de 12%, nos primeiros meses do ano estão produção recordes de produção nas unidades da companhia. Em 2009, a Braskem fechou com 89% de utilização da capacidade instalada, resultado quatro pontos percentuais acima da média mundial "Esse ano, o resultado será ainda maior. Estamos batendo recorde de produção e devemos estar com 94% de uso da capacidade", afirmou.

O executivo disse que a meta da companhia é dobrar de tamanho em três anos. Ele considerou a entrada no mercado asiático como estratégica. "vamos abrir este ano um escritório em Cingapura e estamos atentos a oportunidades de aquisição na Ásia, que deverá concentrar 60% do consumo mundial em pouco tempo", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
etenoBraskemRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.