Braskem emite eurobônus de US$500 mi para quitar empréstimo

O conselho de administração daBraskem aprovou nesta semana a primeira das emissões que acompanhia pretende fazer para quitar o empréstimo-ponte de 1,2bilhão de dólares que fez no ano passado para adquirir ativosdo grupo Ipiranga na área petroquímica. De acordo com o comunicado distribuído pela companhia aomercado, a empresa emitirá 500 milhões de dólares em eurobônuscom cupom de 7,25 por cento ao ano e vencimento em 2018,precificado a 99,127 por cento do valor de face, o equivalentea uma remuneração de 7,375 por cento ao ano ao investidor. Três bancos participaram do empréstimo-ponte concedido emabril de 2007 -- Calyon, ABN Amro e Citibank. O vencimento é emdois anos a partir do último saque, que foi feito no iníciodeste ano. Além da emissão de eurobônus, a companhia informou maiscedo neste mês que trabalha na busca de um empréstimosindicalizado dando como garantia as exportações. O valorestimado para esse empréstimo é entre 700 milhões e 800 milhõesde dólares. (Por Taís Fuoco)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.