BRF aumenta vendas externas em setembro

As exportações da empresa de alimentos BRF cresceram 65,65% em setembro de 2013 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). As vendas externas da companhia totalizaram US$ 387,722 milhões no mês passado, elevando a receita anual com exportações para US$ 3,810 bilhões.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

17 de outubro de 2013 | 18h33

No acumulado de janeiro a setembro, as vendas externas da BRF apresentam alta de 103,5%, o que leva a companhia a ocupar a quinta colocação entre os maiores exportadores do País. O ranking é liderado por Vale, seguido por Petrobras, Bunge e Cargill. A ADM do Brasil, que em agosto ocupava a quinta posição, caiu para sexta colocação no ranking das 40 maiores exportadoras do País divulgado mensalmente pelo MDIC.

A lista das maiores exportadoras é composta por outras três empresas do ramo alimentício: JBS (8ª colocada), Seara (25ª), do Grupo Marfrig, e Minerva (34ª). Dessas, a única que apresentou expansão das exportações em setembro foi a JBS, com alta de 43,06% em relação a setembro do ano passado, para US$ 363,061 milhões. A Seara registrou queda de 24,20%, enquanto a Minerva teve retração de 18,96%.

No acumulado de janeiro a setembro, as exportações da JBS somaram US$ 2,536 bilhões, incremento de 25,10% em relação ao mesmo intervalo de 2012. As exportações da Seara encolheram 10,44% em igual comparação, para US$ 1,152 bilhão. Já as vendas externas da Minerva cresceram 4,96% e somaram US$ 868,132 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BRFexportaçõessetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.