BRF confirma interesse por unidade de longa vida da Nilza

Valor indicativo para uma eventual compra dos ativos da unidade foi de R$ 60 milhões

Equipe AE,

25 de maio de 2011 | 18h33

A administração da BRF - Brasil Foods, por meio de comunicado ao mercado, informou nesta quarta-feira, 25, que enviou para a Indústria de Alimentos Nilza Ltda um documento manifestando seu interesse preliminar na discussão e negociação de eventual aquisição dos ativos que compõem a unidade de processamento e produção de leite longa vida da empresa em Ribeirão Preto (SP). O valor indicativo para uma eventual compra dos ativos da unidade foi de R$ 60 milhões.

A unidade da Nilza de Ribeirão Preto possui capacidade de UHT 820 mil litros por dia, além de produtos processados de requeijão, manteiga, queijos e bebidas lácteas, representando o ativo uma base de operações interessante no estado de São Paulo.

O comunicado esclarece que trata-se de um documento não vinculante, isto é, não tem eficácia imediata e está condicionado a uma série de eventos futuros e incertos. É uma simples manifestação de interesse comercial.

O comunicado esclarece ainda que a eventual negociação de compra da unidade está condicionada a uma série de questões legais e comerciais, uma vez que a Nilza teve a sua falência decretada em janeiro deste ano e, agora, aguarda julgamento do recurso que provisoriamente suspendeu os efeitos da referida falência. Caso a falência seja revertida por decisão judicial, a efetivação da eventual compra da unidade pela BRF dependerá de ajustes comerciais, auditoria legal e contábil e ainda da posterior aprovação do comitê de credores da empresa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.