BRF lucra R$ 153 milhões no trimestre, queda de 60%

Empresa atribui o resultado mais fraco ao ‘mercado externo desafiador’

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

27 de abril de 2012 | 19h27

A BRF Brasil Foods registrou lucro líquido de R$ 153 milhões no primeiro trimestre do ano, queda de 60% ante os R$ 383 milhões do mesmo período de 2011. A receita líquida cresceu 5%, para R$ 6,337 bilhões, ante R$ 6,020 bilhões de janeiro a março de 2011.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 532 milhões no primeiro trimestre, queda de 35% ante os R$ 816 milhões apurados no mesmo período do ano passado. A margem Ebitda registrou recuo de 5,2 pontos porcentuais, para 8,4%.

Documento distribuído à imprensa aponta que "os resultados da companhia refletem o resultado conjuntural desafiador do mercado externo, como já observado no quarto trimestre de 2011. Mercados como Japão e Oriente Médio ainda sofrem processos de ajuste e normalização do nível de estoques e de fluxo de mercadorias".

A receita com vendas no mercado interno somaram R$ 3,919 bilhões no primeiro trimestre do ano, resultado 9% acima dos R$ 3,592 bilhões conseguidos nos meses de janeiro a março de 2011.

Já as exportações da companhia somaram R$ 2,418 bilhões, número praticamente estável em relação aos R$ 2,428 bilhões comercializados no exterior no período.

Tudo o que sabemos sobre:
BRFresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.