BrMalls lucra R$ 113,5 mi no 1º trimestre, alta de 98,4%

A empresa de shopping centers BrMalls registrou lucro líquido de R$ 113,521 milhões no primeiro trimestre de 2012, aumento de 98,4% sobre o ganho do mesmo período do ano passado, que foi de R$ 57,224 milhões.

CIRCE BONATELLI COM EQUIPE AE, Agencia Estado

26 de abril de 2012 | 21h07

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 44,8% na mesma comparação, passando de R$ 139,314 milhões para R$ 201,737 milhões. O Ebitda ajustado teve alta de 44,5%, para R$ 203,114 milhões. A margem Ebitda ajustada passou de 79,3% para 83,4%.

A receita líquida da BrMalls totalizou R$ 243,565 no primeiro trimestre, com aumento de 36% sobre a receita de R$ 179,083 milhões do mesmo período de 2011.

As despesas da BrMalls com vendas, administração e gastos gerais em seus shopping centers, excluindo depreciação e amortização, somaram R$ 35,5 milhões no período, o que representa um crescimento de 44,8% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Estas despesas representam 13,6% da receita bruta no trimestre.

Já o custo de ocupação, medido como porcentual das vendas, atingiu 11,2% no primeiro trimestre deste ano. Comparado ao mesmo período do ano anterior, o custo mostrou um acréscimo de 0,7 ponto porcentual.

As vendas nos 46 shoppings centers em que a BrMalls possui participação somaram R$ 4,1 bilhões nos primeiros três meses do ano, volume que equivale a um crescimento de 25,1% em relação aos R$ 3,3 bilhões apresentados no mesmo período de 2011.

As vendas no conceito mesmas lojas (abertas há pelo menos um ano) tiveram expansão de 9,1% na mesma base de comparação. O desempenho foi puxado principalmente pelo segmento de lazer (alta de 10,7%), seguido pelas lojas-satélite (9,5%), megalojas (7,2%) e âncoras (5,9%).

O aluguel mesmas lojas (SSR) cresceu dois dígitos pela quarta vez consecutiva, alcançando 11,3%, impulsionado pelos reajustes reais dos aluguéis. A área bruta locável (ABL) total dos shopping centers chegou a 1,423 bilhão de metros quadrados no primeiro trimestre de 2012, expansão de 21,3% ante o mesmo trimestre de 2011. Já a ABL própria somou 804 mil metros quadrados, crescimento de 33,3%.

A taxa de ocupação nos shopping centers da BrMalls caiu para 97,4% no primeiro trimestre do ano em comparação com os 98,1% registrados um ano antes. A inadimplência líquida, por sua vez, saiu de 1,3% para 2,1%, uma elevação de 0,8 ponto porcentual.

Tudo o que sabemos sobre:
BrMallsresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.