Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

BTG Pactual aprova retorno de André Esteves à presidência do conselho

Reunião do colegiado do banco, que levou o fundador de volta ao principal cargo da instituição, foi realizada nesta sexta-feira, 29

Fernando Scheller, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2022 | 13h38

O conselho de administração do BTG Pactual aprovou oficialmente, em reunião realizada nesta sexta-feira, 29, o retorno de André Esteves, fundador da instituição, ao cargo de presidente do conselho. 

Trata-se do retorno oficial do executivo ao comando da instituição depois de mais de seis anos de sua prisão, em novembro de 2015. A prisão ocorreu no âmbito da Operação Lava Jato, e Esteves foi solto três semanas depois. Em setembro de 2018, o executivo foi inocentado a pedido do próprio Ministério Público Federal. Os inquéritos relacionados ao caso foram encerrados.

O retorno de Esteves ao cargo de presidente do conselho ocorre em um momento positivo para a instituição. Em 2021, o banco registrou um lucro recorde de R$ 6,5 bilhões, crescimento de 60% em relação a 2020. As receitas totais do banco somaram R$ 13,9 bilhões, uma alta de 49% na comparação com 2020. Mesmo com o retorno do fundador à presidência do conselho, nada muda no principal cargo executivo da instituição, que continua a ser exercido por Roberto Sallouti.

O BTG Pactual deve seguir apresentando crescimento forte de receitas e lucro no ano de 2022, apesar do cenário desafiador, disse Sallouti, em fevereiro, durante a teleconferência de resultados de 2021. “Esperamos mudança no mix de receita com alta do juro, mas o banco vai continuar se beneficiando dos investimentos feitos e escala das franquias”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.