Reuters
Reuters

BTG Pactual conclui venda do BSI para o EFG International AG

Preço final é composto por 575 milhões de francos suíços em dinheiro, ações e um título 

Marcelle Gutierrez, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2016 | 08h52

SÃO PAULO - O BTG Pactual concluiu a venda de 100% do banco suíço BSI para o EFG International AG. O preço final é composto por 575 milhões de francos suíços em dinheiro, 86,2 milhões de ações do EFG (30% de participação no EFG-BSI) e 31 milhões de francos suíços em um bond (instrumento AT1) emitido pelo EFG International.

Segundo o fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a participação do BTG Pactual no EFG será considerada relevante e contabilizada de acordo com o método da equivalência patrimonial.

Com a conclusão da operação, Steve Jacobs e Roberto Isolani, sócios do BTG Pactual, foram eleitos como membros do conselho de administração do EFG International.

A compra do BSI pelo EFG havia sido aprovada em maio deste ano pelas autoridades Swiss Financial Market Supervision Authority (FINMA), da Suíça, e Monetary Authority of Singaporte (MAS), de Cingapura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.