Bush sanciona lei que prorroga benefício comercial a países andinos

Washington, 2 - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, assinou no sábado uma lei que prorroga o programa de preferência comercial que beneficia exportadores da Bolívia, Colômbia, Equador e Peru, informou a Casa Branca hoje. A extensão da Lei de Preferência Comercial Andina foi aprovada pela Câmara e o Senado na semana passada. O programa de preferência vencia no sábado, mas agora foi prorrogado para até 29 de fevereiro de 2008.A prorrogação do programa dá ao Congresso mais tempo para ratificar os acordos de livre comércio com a Colômbia e o Peru, que vão substituir o programa comercial andino - estabelecido para fomentar alternativas econômicas ao plantio de coca - para aqueles dois países.A medida também garante um alívio temporário para a Bolívia e o Equador. Alguns congressistas norte-americanos argumentam que aqueles governos não deveriam obter isenções para as exportações de seus países depois de abraçarem uma retórica anti-EUA. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.