Cadastro positivo dar? juros menores a bons pagadores

Proposto h? cinco anos, o cadastro positivo de consumidores, cujo objetivo ? reduzir a taxa de juro dos empr?stimos para bons pagadores, tem agora chance de entrar em vigor no segundo semestre. A expectativa ? que a tramita??o do Projeto de Lei n? 836, que o criou em 2003, chegue ao fim no Senado em meados do ano. A Associa??o Comercial de S?o Paulo (ACSP) e a Serasa j? est?o com tudo pronto para colocar seus cadastros em a??o. Hoje, como a taxa cobrada no cr?dito ? ?nica, os bons pagadores arcam com juros maiores para compensar as perdas que o banco ter? com quem n?o honra suas d?vidas.De acordo com o projeto, caber? ao consumidor decidir se deseja ou n?o fazer parte da lista. "O consumidor s? ser? inscrito no cadastro positivo se der sua autoriza??o?, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP. Mas emenda: "Se ele n?o autorizar, por?m, ? claro que isso j? vai ser um sinal negativo", j? que isto significa que o sucesso do cadastro depender? da ades?o de consumidores. Para seus defensores, a mudan?a beneficia o consumidor correto, porque d? visibilidade no mercado a uma boa ficha cadastral e propicia o acesso a juros menores em empr?stimos e credi?rios. Os ?rg?os de defesa do consumidor dizem, no entanto, que n?o h? nenhuma garantia de que isso venha a ocorrer, e receiam que a lista caia em m?os de empresas especializadas em marketing. Com a ficha cadastral completa do consumidor, os agentes de cr?dito poder?o saber se ele tem casa pr?pria, h? quanto tempo est? empregado, qual sua renda e quanto dela est? comprometida com aluguel e demais despesas. Mostrar? tamb?m todas as opera??es de cr?dito feitas anteriormente. Desta forma, antes de conceder um empr?stimo, bancos e lojas ter?o instrumentos para verificar o grau de endividamento do requerente, ou seja, quanto de seus recursos deve ser destinado a outros compromissos e financiamentos. As informa??es s?o do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.