Cadbury volta a rejeitar Kraft e divulga desempenho forte

A Cadbury divulgou fortes resultados para o ano de 2009 e um aumento de dividendo, na última tentativa de defesa contra a oferta hostil de aquisição por 10,5 bilhões de libras (17 bilhões de dólares) feita pela Kraft Foods.

REUTERS

12 Janeiro 2010 | 08h10

Em um documento final contra a oferta, a fabricante britânica de confeitos afirmou que a oferta da Kraft é "irrisória" e que avalia a empresa por menos que qualquer acordo comparável no setor. A companhia afirmou ainda que seu valor isolado subiu desde que a proposta da Kraft foi feita em setembro.

A proposta em dinheiro e ações da Kraft está atualmente em 762 pences por ação comparado com um preço de fechamento do papel da Cadbury na segunda-feira de 781 pences.

Investidores afirmam que para ser vencedora, a proposta precisaria ser elevada para pelo menos 800 pences.

A Cadbury afirmou que as vendas em 2009 subiram 5 por cento, acelerando para 6 por cento no segundo semestre. A empresa conseguiu uma margem operacional de 13,5 por cento ante estimativa anterior da empresa de 13,3 por cento e informou que o dividendo do ano passado subirá 10 por cento.

O presidente do conselho da Cadbury, Roger Carr, desconsiderou a proposta da Kraft e questionou a capacidade da presidente-executiva da empresa norte-americana, Irene Rosenfeld, de aumentar a oferta depois que o maior acionista da companhia, Warren Buffett, alertou para a Kraft não pagar excessivamente pelo grupo britânico.

"A oferta da Kraft é ainda menos atraente hoje do que quando a Kraft fez a oferta formal em dezembro... Não deixem a Kraft roubar sua companhia com essa proposta irrisória", afirmou Carr.

Fontes afirmaram à Reuters na segunda-feira que a italiana Ferrero estava muito perto de decidir se fará uma contra-oferta pela Cadbury em conjunto com a norte-americana Hershey.

Mais conteúdo sobre:
ALIMENTOS CADBURY REJEITA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.