Cade abre autos de infração contra Anhanguera e Novatec

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu dois autos de infração contra Anhanguera Educacional, Novatec e Instituto Grande ABC por ''enganosidade'', ou seja, por terem omitido ao órgão informações relevantes ou mesmo entregue falsos dados para a análise de ato de concentração. Cada auto de infração tem o valor de R$ 2 milhões.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

19 de junho de 2013 | 12h13

O órgão antitruste aprovou a aquisição da Novatec e do Instituto Grande ABC pela Anhanguera em março deste ano. No entanto, segundo o conselheiro relator do caso, Alessandro Octaviani, as empresas prestaram informações falsas sobre a participação da Família Rodrigues no capital do grupo. As companhias podem recorrer da decisão. O Cade multou ainda em R$ 2 milhões as empresas CE Inversiones Brazil e a ISCP Sociedade Educacional também por enganosidade.

Tudo o que sabemos sobre:
CadeAnhangueraNovatec

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.