Cade apreciará auto de infração envolvendo Azul e Trip

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) volta a se reunir no dia 5 para analisar uma pauta de apenas quatro processos - dois atos de concentração e dois autos de infração. Um dos autos de infração a ser apreciado na próxima sessão ordinária de julgamento diz respeito à Azul e a Trip, cuja fusão foi aprovada pelo Cade no começo de março.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

29 de maio de 2013 | 20h45

Na ocasião, o Cade determinou o fim do acordo de compartilhamento de voos entre a Trip e a TAM, que não havia sido informado à autarquia desde o início do processo. Por isso, a companhia resultante da fusão entre Azul e Trip poderá ser punida por "enganosidade" - por ter omitido ou prestado informações inverídicas ao órgão de defesa da concorrência.

Tudo o que sabemos sobre:
CadeAzulTrip

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.