Cade aprova aquisição da GetNet pelo Santander Brasil

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição da GetNet pelo Santander Brasil, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 19.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

19 de maio de 2014 | 08h30

Ao final da operação, anunciada em abril por R$ 1,104 bilhão, as atividades da companhia serão agrupadas sob o comando da empresa Santander GetNet Serviços, que deixará de ser uma joint venture e terá nova composição acionária, com 88,5% de participação do Santander Brasil e 11,5% em nome dos ex-controladores da GetNet.

O acordo prevê a transferência do controle da totalidade das operações realizadas pela GetNet e suas coligadas para o Santander, o que inclui: a captura e o processamento de operações com cartões; operações de adquirência; operações de antecipação de recebíveis oriundos dos negócios de adquirência; negócios verticais (recarga de telefonia celular, bilhetagem, correspondente bancário); soluções integradas na plataforma de captura; todas as atividades desenvolvidas pela GetNet; e operações de teleatendimento (call center) que dão suporte às atividades de adquirência.

Segundo o Santander, a compra da GetNet marca um novo ciclo na trajetória do Santander Brasil na área de adquirência e reforça o apoio e o compromisso no País. O banco atua nesse mercado desde o início de 2010, quando estabeleceu uma parceria com a GetNet para unir os serviços de captura e processamento de transações com cartões às atividades de banco comercial.

Tudo o que sabemos sobre:
Santander BrasilGetNetCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.