Cade aprova aquisição de 32,7% da CCRR pelo BTG Pactual

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, nesta segunda-feira, 27, sem restrições, operação entre o BTG Pactual Principal Investments Fundo de Investimento em Participações (FIP Pactual) e a CCRR Participações. Pelo negócio, o FIP BTG adquire 32,7% do capital social total e votante da CCRR. A aquisição será feita por meio da BPMB Ômicron Participações S.A, controlada diretamente do FIP BTG.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

27 de maio de 2013 | 10h40

Atualmente, a BPMB possui 56,8% do capital total e votante da CCRR. Agora, a BPMB passará a deter 89,6% do capital total e votante da empresa, explica texto sobre a operação apresentado ao Cade. O despacho do órgão antitruste aprovando o negócio está publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 27.

Tudo o que sabemos sobre:
CCRRBTG PactualaquisiçãoCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.