Cade aprova associação entre CPFL Renováveis e Dobrevê

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, acordo de associação entre CPFL Energias Renováveis (CPFL-R) e Dobrevê Energia (Desa). A decisão consta de despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU).

LUCI RIBEIRO E LUANA PAVANI, Agencia Estado

28 de abril de 2014 | 08h53

O acordo prevê a incorporação, pela CPFL-R, das capacidades da Desa. Com isso, ao final da operação, a capacidade instalada contratada da CPFL Renováveis passará de 1.786,6 MW para 2.117,4 MW, um aumento de 19%, dos quais 1.560,7 MW em operação e 556,7 MW em construção.

Pelos termos da transação, a CPFL-R terá um aumento de capital de R$ 200 milhões, cujas ações serão subscritas pelos atuais controladores da Desa. Concluída essa etapa, os acionistas da Desa deterão 12,63% da CPFL Renováveis e poderão indicar um membro do Conselho de Administração, enquanto a fatia da CPFL Energia na companhia cairá dos atuais 58,84% para 51,41%. Os demais sócios, como o fundo de pensão Previ, terão a participação diluída.

Tudo o que sabemos sobre:
CPFL RenováveisDobrevêCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.