Cade aprova compartilhamento entre TIM e Oi

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições ''Termo de Cessão Recíproca e Onerosa de Meios de Rede'' firmado pelas operadoras TIM Celular e Oi. Trata-se de contrato definitivo entre as duas companhias para o compartilhamento de infraestrutura de rede para a implantação e prestação de serviços de telefonia e banda larga sob a tecnologia 4G. A operação é um desdobramento de Memorando de Entendimentos, também aprovado pelo Cade, que consistia em um pré-contrato entre as empresas em relação à construção e ao uso compartilhados de infraestruturas de telecomunicações.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

19 de novembro de 2013 | 09h05

O termo de cessão estabelece critérios para o cumprimento, pelas duas operadoras, do cronograma de metas para implantação do sistema 4G estabelecidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). TIM e Oi foram algumas das vencedoras do leilão de 4G na frequência de 2,5 GHz realizado no ano passado pela Anatel.

Segundo o Cade, o termo de cessão também "visa estipular condições mais detalhadas para implantação e cessão recíproca dos novos elementos de rede para suporte aos serviços 4G em todo território nacional, institucionalizando um modelo de governança que preserva a independência comercial e concorrencial das partes". A aprovação do acordo está em despacho da Superintendência-Geral do órgão publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 19.

Tudo o que sabemos sobre:
CadeTIMOi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.