Cade aprova compra de 24,5% da MPX por empresa alemã

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra de mais 24,5% da MPX do empresário Eike Batista pela companhia alemã E.On AG. Anunciado no fim de março, o negócio envolve R$ 1,415 bilhão.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

25 de abril de 2013 | 12h57

Com a operação, a participação da E.On AG no capital da MPX aumentou para 36,2%, enquanto Eike Batista, que controlava a empresa com 53%, passou a ter 29%.

Tudo o que sabemos sobre:
CadeaprovaçãoMPXEOn

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.