Cade aprova operação entre JBS e Frangosul

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a locação pela JBS de todos os bens da Frangosul por um período de dez anos. O contrato inclui ativos para o abate e processamento de frango in natura, além da industrialização da carne das aves e de suínos. Para o conselheiro relator do caso, Ricardo Ruiz, a operação não traz danos à concorrência no setor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.