Cade deve julgar compras do Pão de Açúcar até 2012

O relator dos processos do Pão de Açúcar no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Marcos Veríssimo, disse hoje que os negócios deverão passar pelo crivo do órgão antitruste no final deste ano ou, no mais tardar, no início de 2012. O Cade está em processo de julgamento das compras dos grupos Casas Bahia e Ponto Frio pelo Pão de Açúcar.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

19 de setembro de 2011 | 18h06

Por enquanto, o processo aguarda um parecer da Procuradoria do Cade (Procade). A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda recomendou ao Cade que aprovasse os negócios, mas com algumas restrições nos dois casos. A operação com as Casas Bahia ocorreu ao final de 2009, seis meses depois de o Pão de Açúcar ter adquirido a rede Ponto Frio.

Veríssimo conversou com a reportagem após participar do seminário "A Nova Lei de Defesa da Concorrência", organizado pelo grupo de estudos de direito da concorrência da Universidade Presbiteriana Mackenzie e a comissão de estudos da concorrência e regulação econômica da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP).

Tudo o que sabemos sobre:
varejoPão de AçúcarCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.